Publicidade

Acesso Restrito

História de Nova Iguaçu



Região antes habitada por índios Tupinambás foi doada no século XVI, para Martin Afonso de Souza, como parte da Capitania de São Vicente. Em 1565, com a invasão francesa auxiliada pelos índios, a região foi novamente tomada pela corte portuguesa que a denominou posteriormente, Capitania do Rio de Janeiro. Dois anos depois as terras foram divididas em sesmarias para impedir outras invasões que porventura surgiriam e foram doadas a Brás Cubas que desenvolveu a agricultura baseada no arroz, milho, mandioca, feijão e cana-de-açúcar.

A partir deste período surgiram vários povoados na região próxima ao caminho que percorria o ouro, trazido de Minas Gerais para ser levado a Portugal. Tais povoados posteriormente se transformariam em bairros da cidade. Entre janeiro de 1833 e dezembro de 1836, Nova Iguaçu foi criada, extinta, desmembrada e restaurada, o que resultou na perca da Freguesia de Inhomirim.

No século XX, Nova Iguaçu foi fortemente influenciada pela Segunda Guerra Mundial, pela explosão demográfica da Baixada Fluminense e do Rio de Janeiro. Seu cultivo e exportação da laranja entraram em decadência levando a economia da cidade, o que culminou na divisão do território.

Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Cidades Brasileiras

Participação: Nenhum Comentário

Avaliação:

  • Atualmente /5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Rio de Janeiro



Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução comercial sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação