Publicidade

Acesso Restrito

Piranhas – Goiás




Salto São Domingos – uma das belezas naturais de Piranhas

O município de Piranhas, localizado a noroeste do estado de Goiás, fica a uma distância de 310 quilômetros da Capital – Goiânia, tendo sido fundada em 14 de outubro.

A escolha do nome foi devido ao peixe, que há muitos anos podia ser encontrado em abundância no rio que passa pela cidade.

O ecoturismo é uma das fontes de atração da cidade, pois possui várias riquezas naturais, como o salto do São Domingos, a cachoeira Três Tombos e o Morro da Mesa, que recebeu essa denominação em virtude da semelhança com o objeto. Nos passeios, podem ser avistadas a vegetação do cerrado, cachoeiras e formações rochosas.

A cidade é muito valorizada por essa atividade, pois a mesma é uma forma de diversão que encontra-se em alta, onde os turistas podem participar de trilhas que terminam em banhos de cachoeira, rapel, escaladas, tirolesas, dentre outros.

Porém, a prefeitura local não investe nessa forma de arrecadação, que poderia movimentar mais sua economia, criando condições de ser mais explorada. O turismo poderia levar ao aumento de empregos na região, provocando maior movimentação nos hotéis e restaurantes da cidade.

Segundo pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), sua população é de aproximadamente 11.324 habitantes, sendo ainda uma cidade bem pequena.

O acesso à cidade é pela BR 158, estando em boas condições, mas necessitando dos cuidados recomendados aos motoristas. Está nas proximidades de Barra do Garças, divisa com o Mato Grosso.

A movimentação do comércio local é boa, sendo composto por atividades de uma cidade já bem desenvolvida. Bancos, agências de turismo, locação de automóveis, imobiliárias, supermercados, prédios públicos, restaurantes, rede de hotéis, clínicas médicas e odontológicas, salões de beleza, casas lotéricas, indústrias, lojas diversas dentre outros. Segundo os mais críticos, a economia da cidade é baseada em forró, cerveja e cabeça de gado.

As festas locais têm um caráter simples, interiorano, como a pecuária, a festa de barraquinhas e a festa da Maria Viúva.

O clima da região é muito quente, não há estações frias. De janeiro a dezembro o sol está presente em abundância, marcando apenas uma estação, o verão.

Quem nasce em piranhas é mesmo piranhense. Mesmo achando o gentílico esdrúxulo, não há outro jeito.

Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Piranhas - Goiás - Cidades Brasileiras

Participação: Nenhum Comentário

Avaliação:

  • Atualmente /5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Goiás



Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução comercial sem autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação